.

.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Scheila Adriane Grade, (Vulgo Charumati Prem) - Diário dos 21 Dias - Viver de Luz

Diário dos 21 dias
(Viver de Luz)
Scheila Adriane Grade, empresária

Apresentação:

Scheila Adriane Grade é uma das Iniciadas no “Salto Quântico Genético” ela dá um depoimento aberto em nosso site [Clique Aqui], é por isso que o diário dela será exibido aqui também. Está sendo colocado a pedido dela. Se outros iniciados(as) quiserem exibir seus diários, poderão, bastando para isso que me contacte. Scheila Adriane Grade escreveu um artigo em seu site sobre o viver de luz, para ler [Clique Aqui]. 


O Salto Quântico Genético

O Trabalho do Salto Quântico Genético é muito sério, toda a história do Universo está codificada em nossas células. Como podemos aceitar todas estas dúvidas? De onde viemos? Porque estamos aqui? Para onde iremos?? De sermos completamente impotentes perante a vida? De caminharmos para a morte desde que nascemos? E o pior, aceitar as explicações inescrupulosas das religiões?? A Vida nos traz perguntas e o Salto Quântico Genético as Respostas!

Vídeo que um fã fez sobre a Scheila e o processo dos 21 Dias:



Diário dos 21 Dias Viver de Luz - Scheila Adriane Grade


30/11/2011 - Quarta-Feira - Preparação:
- “O importante é isso: estar pronto para, a qualquer momento, sacrificar o que somos pelo que poderíamos vir a ser” - (Charles Du Bois)

Hoje comecei a me preparar para o processo dos 21 dias. Estive estudando essa idéia já há uns 3 anos atrás depois de conhecer uma pessoa que já vivia dessa forma, no caso o Bruno Guerreiro de Moraes, o ministrador do Salto Quântico Genético. E depois de estudar a fundo tudo que deveria ser feito a começar por eliminar crenças inerentes ao processo alimentar, decidi despertar esse potencial no meu corpo. Depois de muito tempo juntando as informações necessárias, e de ter eliminado alguns medos e ansiedades senti que poderia começar, e ao perguntar a minha Supra, a resposta foi positiva. Então hoje, evitei alimentos sólidos, comi no almoço uma tigela de açaí com granola e a noite também. A tarde apenas um copo de suco e final da noite um pedaço de melão para me manter mais tempo hidratada. A noite foi agitada, não dormi muito bem, foi como dar um passo no desconhecido, estava ansiosa, então invoquei meus elementais e dei-lhes a ordem de que a partir desse momento passaríamos a viver do prana, (Nota: ela tirou isso das dicas que eu dei a ela, leiam o meu Diário dos 21 Dias também: [Clique Aqui]). Conversei com cada um deles (físico, mental e emocional) para que cada um entendesse com clareza sua função durante o processo. Esse exercício é descrito no livro "Viver de Luz" da Jasmuheen.

"Nosso corpo é uma máquina fantástica capaz das coisas mais extraordinárias. Sair das limitações de nossas crenças e permitir a total expressão de nosso ser, pode ser a mais fantástica experiência já vivida." - Scheila Adriane Grade

01º Dia:
Dia 01/12/2011 - Quinta-feira - Peso 54,7 - [1]
- “Suba o primeiro degrau da fé. Você não tem que ver toda a escadaria, antes de subir o primeiro degrau” (Martin Luther King)

Acordei hoje apenas com um pequeno desconforto no estômago, talvez um pouco de fome por não ter comido sólidos ontem, aliado a uma pequena ansiedade. Tive de sair pra levar meu avô até o banco, mas nada que despendesse muito esforço. Sinto a necessidade de ficar mais isolada e já tinha me preparado para isso. Apesar de estar fazendo o processo em casa, avisei as pessoas do meu convívio que estaria ausente nesse período. O importante é que o primeiro passo foi dado e agora não tem mais volta, sinto muita força interior, e nada como um grande propósito para alimentar a vida. A tarde resolvi me deitar e fiquei dormindo até as 15:30h. Levantei, vi alguns e-mails e fui no jardim, andar um pouco na grama e meditar. Já sinto fome, mas sede ainda não. A fome também é controlável, basta me manter tranqüila e lembrar dos benefícios do processo para acalmar um pouco a mente. A noite estava mais entediada, com fome e resolvi mastigar um pouco de gelo, mas sem engolir, só para passar a ansiedade. Percebi que estava salivando muito e tive de ficar com um baldinho do meu lado para ficar cuspindo. Sinto que vai ser uma caminhada e tanto, mas fiquei feliz de ter passado esse primeiro dia. Estou constantemente utilizando afirmações mentais e pensamento positivo para manter-me focada.

02º Dia:
02/12/2011 - Sexta-feira - Peso 53,2 - [2]
- “Você não pode evitar que a dificuldade bata à sua porta, mas não há necessidade de oferecer-lhe uma cadeira” (Joseph Joubert)

A madrugada foi terrível. Não conseguia pegar no sono e estava me sentindo muito fraca. Comecei a ficar enjoada, acredito que minha pressão tivesse baixado. Estava muito mal, achei que iria desistir. Tive de pedir muita ajuda da Supra e força para passar a noite. Estava com fome e sede, meu estômago estava revoltado. Mas consegui me acalmar depois de algum tempo e peguei no sono. Acordei bem melhor, sem fome, apenas com sede, sem dores no corpo. Achei interessante que nem dor de cabeça senti, e normalmente com a fome sempre vem a dor em algum local do corpo. Me sinto bem fisicamente, um pouco fraca, mas nada anormal. Espero que o pior já tenha passado. A tarde me deitei novamente, acordei com um pouco de dor no rim, devido a falta de água. Estava com sede, mas suportável. Mastiguei um pouco de gelo, fiz bochechos para passar o tempo. Resolvi tomar um banho de banheira, fiquei um tempão imersa na água quentinha esperando o tempo passar. As horas passam muito devagar, me sinto um pouco fraca, mas tediosa por não ter muito o que fazer. Sempre estive ocupada com algo e agora, não tenho muita energia para passar muito tempo na TV ou no computador. Fico pensando em Milk Shakes e sucos de fruta... Antes de me deitar percebi que meu rosto estava bem vermelho, acredito que o processo esteja funcionando. Não senti tanto desconforto quanto na primeira noite.

03º Dia:
03/12/2011 - Sábado - Peso: 52,4 - [3]
- “Nada acontece à alguém que a natureza não o tenha preparado para aguentar” - (O gladiador)

Dormi bem, apesar de sentir dor no rim, foi uma noite tranqüila. Acordei um pouco fraca, mas sem dores, apenas com sede. Fiquei no Sol um pouco, e depois na varanda de casa, descansando e recuperando as energias. A tarde, varri a casa, assisti um pouco de TV, fiquei sentada na varanda fazendo exercícios de respiração e lavei a louça. É difícil mesmo ficar sentindo sede o tempo todo...o tempo passa muito devagar. Tenho urinado umas 3 vezes por dia, e o número 2 fiz uma pequena quantidade na manhã do segundo dia. Mas não sinto nenhum desconforto, a dor nos rins passou e apenas a coluna parece estar um pouco dolorida. Percebi que já estou me alimentando de luz, mas o que persiste é o vício da comida. Sempre estava beliscando alguma coisa, tomando um refrigerante, e está sendo difícil desprogramar essa necessidade. A noite foi difícil pegar no sono, sentia muita sede e tive de fazer vários bochechos para aliviar, sentia um pequeno desconforto que saia da base da minha coluna até o centro da minha cabeça, (Nota: deve se tratar de ativação da kundalini). Penso que seja algum trabalho que a Supra estivesse fazendo no meu corpo. Como tenho desvio de coluna, quem sabe ela volte a se alinhar, (Obs. após se passar anos, ficou claro que não foi isso, deve ter se tratado da kundalini mesmo).

04º Dia:
04/12/2011 - Sábado - Peso: 50,8 - [4]
- “O homem vulgar espera do exterior as coisas boas e as coisas más; o homem que pensa espera-as de si mesmo” - (Chejov)

Dormi bem, depois que peguei no sono, tive alguns sonhos oníricos e acordei bem, sem dores, um pouco pesada, e com sede. Faltam só alguns dias para o primeiro copo de água e estou negociando com a supra para que isso ocorra o quanto antes, se ela permitir. Estava mais fraca que o usual, me deitei várias vezes durante o dia para recuperar as forças. Fiz alguns bochechos, até uma minúscula gota d´água escapar para garganta, mas evaporou ali mesmo, Rsrsrs. Sinto algumas dores na coluna, a fraqueza continua. Estou sonhando com um copo de suco, água, qualquer coisa. Como pode isso fazer tanta falta. Mas estou firme no meu propósito, quem sabe amanhã a noite a supra já deixa eu tomar um golinho. Final da tarde pedi para meu marido me levar para dar uma volta de carro, só para espairecer um pouco. Estava me sentindo muito fraca, cheguei em casa e fiquei um pouco no sofá, mas muito incomodada com a sede e dor nas costas. Minha pressão estava caindo e resolvi sentar na varanda mastigando um pouco de gelo e cuspindo. Minha pressão voltou a subir um pouco e me senti melhor.

05º Dia:
05/12/2011 - Segunda-feira - Peso: 49,3 - [5]
- “O otimismo é a fé em ação. Nada se pode levar a efeito sem otimismo” (Bob Marley)

Dormi bem, mas acordei mais cedo, visto que o sono diminuiu bastante. Ainda com muita sede, fiz bochechos e botei algumas roupas pra lavar. Hoje também fiz o número 2, depois de dias sem ir ao banheiro. Não tive cólicas nem nada, foi tranqüilo. Um benefício que pude observar é que toda noite ao deitar meu nariz trancava e precisava usar Sorine pra poder dormir. Agora não tranca mais, respiro bem a noite toda. Durante a manhã recebi a visita de minha mãe, ela perguntou se tinha feito o processo já e eu disse que já estava quase no final. Conversamos um pouco, me sentia bem, com mais energia que ontem. Ela foi embora e eu arrumei um pouco a casa e me deitei mais um pouco. A tarde a empregada veio arrumar a casa, conversei bastante com ela e me sentia bem. Ainda com muita sede, me deitei um pouco a tarde para passar o tempo. Levantei, li um pouco, assisti um pouco de TV. Consultei minha supra no final do dia se já poderia tomar um copo de água e a resposta foi positiva, mesmo assim resolvi esperar mais um pouco, falei com o Bruno a respeito e ele me recomendou tentar passar pelo processo padrão que é 7 dias sem beber e sem comer nada, e se eu conseguisse chegar mais próximo desse padrão seria melhor, concordei com ele e segui a recomendação. Início da noite eu fiquei bem mal, minha pressão caiu de novo, tive de me deitar, ainda assim resisti e não tomei água, como o Bruno recomendou, resistir enquanto for possível, pratiquei minha determinação com isso. Descansei um pouco e fui para o sofá. Fiz bochechos com água com gás, nossa que delícia para o paladar. Me senti um pouco melhor.

06º Dia:
06/12/2011 - Terça-feira - Peso: 48,6 - [6]
- “Nunca digas é impossível. Diz: ainda não fiz” – (Provérbio Japonês)

Na madrugada, estando com uma aparência horrível (Nota: Não tão horrível assim, ela tirou uma foto e me enviou para avaliar, e eu não vi nada de "horrível", ela tava é ótima, apenas com o semblante de cansada) e ainda me sentindo fraca resolvi ceder ao copo da água. Com a autorização da Supra, me deliciei com um copo de água cristalina. Foi como chegar a um oásis depois de atravessar um deserto imenso e desgastante. Já sinto minhas energias retornando aos poucos. Ainda de madrugada, meu marido estava vendo TV na sala e eu estava quase pegando no sono. Quando ele abriu a porta, me assustei e, ao olhar para porta, vi um homem todo de branco e na camiseta tinha uma cruz vermelha, como se fosse um médico ou enfermeiro. No que meu marido entrou a figura sumiu. Achei interessante, acredito que o processo de cura tenha iniciado. Levantei bem, ainda com sede, mas não sei se já entro nos líquidos ou não, vou verificando ao longo do dia. Mas sei que já ativei a capacidade de viver de luz porque durmo bem menos e me sinto leve. Não tenho fome alguma, e estou mega feliz, afinal é o penúltimo dia e eu consegui! É um sonho que com muita força de vontade se torna real! Ao meio dia tomei mais um copo da água. Fico sonolenta toda vez que tomo então resolvi deitar. Acho que agora se inicia o processo de desintoxicação e cura do organismo. Portanto ficar quieta e descansada ainda é importante. Senti também que estou mais sensível, tenho mais amor pelas pessoas, até mesmo vendo um comercial na internet, chorei bastante. Sinto muito por um planeta tão rico e lindo, com pessoas extraordinárias sendo tão sofrido. Mas também fico muito feliz em ver que vivemos um momento histórico onde milhares despertam a cada dia e estão ajudando no aumento da vibração planetária, bem como na melhoria de vida, pois uma vida digna e cheia de prosperidade, saúde e alegria é um direito de cada centelha divina nesse sistema. A tarde tomei chá, dormi no sofá pois me senti bastante sonolenta. Fiquei acordada depois até mais tarde, e quando fui me deitar aproveitei para fazer uma meditação.

07º Dia:
07/12/2011 - Quarta-feira - Peso: 49,1 - [7]
- “A diferença entre o possível e o impossível está na vontade humana” - (Autor Desconhecido)

Dormi muito bem a noite toda, tive muitos sonhos relacionados a minha família, acredito que tenha muitas emoções a serem processadas nessa área. Acordei às 10h00, e fui pegar um pouco de sol, me sentia ainda sonolenta, mas não tive sede, nem fome. Me deitei mais um pouco no sofá e aguardei minha energia se restabelecer. Logo tive vontade de ir ao banheiro, e fiz novamente o Nº2 , parece que o corpo está em processo de limpeza mesmo. A urina saiu com uma cor amarelo forte, também está expelindo as toxinas que estavam acumuladas. A tarde fui com meu marido até o mercado comprar mais água e sucos. Fiquei com um pouco de fome psicológica, uma vontade de experimentar algo salgado. A noite sempre me dá mais vontade de beliscar algo, não por fome, mas era onde eu sempre comia mais. Podia ficar o dia todo sem comer, mas a noite eu sempre jantava e depois beliscava em frente a TV. São programas muito enraizados e agora estão sendo reescritos. A primeira etapa foi vencida, com sucesso! Estou muito feliz por ter acionado essa capacidade e da ajuda que recebi dos seres de luz, do Bruno ministrador do "Salto" (via online) e de meu marido que foi prestativo durante toda essa semana. Não existem barreiras para o ser humano. Toda limitação é imposta pelas nossas crenças e enquanto elas existirem, nossa real natureza não pode despertar.

08º Dia:
08/12/2011 - Quinta-feira - Peso: 49,7 - [8]
- “O que for teu desejo, assim será tua vontade. O que for tua vontade, assim serão teus atos. O que forem teus atos, assim será teu destino” ( Deepak Chopra )

Dormi muito bem, até umas 11h00. Estava muito bom ficar na cama. Tinha trocado os lençóis e entrava um ventinho gostoso pela janela. Aqui tem muito verde em volta, passarinhos cantando, muita natureza. O ar é limpo e o clima agradável. Acordei e fui ao banheiro e novamente meu intestino expeliu mais um pouco da sujeira acumulada. Me sinto muito bem, sem fome nem sede. Meu peso está estabilizando dentro do que havia programado, entre 49 e 51kg. Pela manhã ainda minha avó veio ver meus gatinhos, conversamos um pouco e durante esse tempo tive uma experiência muito interessante. Minha consciência se deslocou para fora do corpo. Pensei que estava tonta, mas eu meio que me via de cima, estava deslocada mesmo. Nesse momento vemos a Matrix, como a vida aqui é só um filme, uma projeção. Espero ter mais dessas experiências durante esses dias. Descansei durante a tarde e tomei um pouco de água de côco. Engraçado como nos primeiros dias eu tinha uma vontade imensa de tomar coca-cola, e agora não tenho vontade alguma. Minha mãe me ligou para ir jantar na casa dela a noite. Fizemos amigo secreto para o Natal. Apesar dela saber que eu estou fazendo os 21 dias, é difícil ela compreender o processo, ainda mais quando eu apenas tomei um pouco de refrigerante durante a janta. Mas sei que não é fácil mesmo para sociedade aceitar esse tipo de coisa. De qualquer forma mês que vem pretendo fazer todos os exames para comprovar minha excelente saúde e assim não deixar dúvidas de tudo correu muito bem. Pelo menos minha aparência é boa, me sinto bem e meu peso esta estabilizado, assim, as pessoas não se assustam tanto. Senti vontade de comer durante a janta, mas é uma vontade de experimentar mesmo, sentir o sabor. Depois dos 21 dias poderei já tomar um caldo de sopa, e aí não ficarei tão deslocada nos encontros sociais. É importante saciar o paladar quando o corpo pede, afinal ele deve ser muito bem tratado e uma vez que a alimentação prânica está atuando, não há necessidade de se preocupar com gordura, açúcar, sal e tudo que até então tinha reflexo negativo na saúde.

09º Dia:
09/12/2011 - Sexta-feira - Peso: 49,3 - [9]
- “Sofrer, é só uma vez; vencer, é para a eternidade” - (Soren Kierkegaard)

Dormi muito bem, pela madrugada começou a chover e acabei ficando na cama até uma hora da tarde. Me senti tonta, estava muito bem, com energia e tudo mais, porém uma tontura estranha. Minha visão ia e voltava, não conseguia fazer muita coisa, tive de me deitar no sofá. Fiquei pensando no que poderia estar causando esse efeito e lembrei que estava tomando desde a noite anterior, água de côco. Levantei, tomei água e fiquei o resto da tarde no suco de pacote bem diluído. Como esperado o efeito passou totalmente. Tendo lido outros diários de 21 dias, já vi outros casos de reações do corpo na ingestão de substâncias que por alguma razão, provavelmente a nível de genética, desregulem um pouco o equilíbrio do corpo, no meu caso a água de côco me deixou meio "bêbada". Final da tarde, minha energia estava totalmente restabelecida e resolvemos visitar minha sogra, fazer um passeio para sair um pouco da rotina. Conversamos bastante, ela tem a mente super aberta e foi bem tranqüilo dela entender o processo que estou passando. Sinto vontade de experimentar algo salgado, fico pensando num caldo de sopa ou feijão para saciar o paladar... Tenho vontade de comer, mas não sinto fome. Estou muito contente comigo mesma por ter conseguido chegar até aqui e estar me sentindo tão bem. Nem sede eu sinto muito, minhas unhas estão mais fortes e minha pele mais brilhante. Até mesmo minhas dores nas costas diminuíram bastante. Ao ficar muito tempo sentada ou deitada já sentia minha coluna, agora, quase não sinto mais nada.

10º Dia:
10/12/2011 - Sábado - Peso: 49,3 - [10]
- “Sua tarefa é descobrir o seu trabalho e, então, com todo coração, dedicar-se a ele” (Buda)

Acordei tarde hoje novamente, dormi super bem mas estava novamente com as tonturas da manhã do dia anterior, o que me leva a crer que não foi a água de côco que provocou esse efeito. Mesmo assim, fui dar uma arrumada na casa e tomei um chá e depois só água. A tarde fiquei no sofá e a tontura desapareceu como ontem, acredito que seja algum efeito da desintoxicação ou alinhamento dos corpos inferiores. Vamos ver nos próximos dias se isso ocorre novamente. Final da tarde limpei toda a casa, afinal, ficar só deitada e parada não é muito minha praia. Gosto de me movimentar e a casa precisava uma faxina. Depois descansei no sofá e até fui dormir um pouco mais cedo que o usual, apesar de não sentir muito sono.

11º Dia:
11/12/2011 - Domingo - Peso: 49,3 - [11]
- “A única realidade é a inteligência infinita, que gera sem esforço todo o universo” (Deepak Chopra)

Acordei umas 11 horas e notei novamente a tontura, que ia e vinha. É como se a atenção ficasse desfocada, resolvi então pesquisar um pouco na internet e descobri que esse pode ser um efeito da glândula pineal sendo ativada. Percebi que sinto realmente uma pressão leve no terceiro olho, e pode ser realmente um efeito dessa ativação. Durante o dia estava com menos energia que o usual, caminhei um pouco no sol, esperei até umas 4 horas da tarde quando a tontura passou por completo e fui dar uma volta na casa da minha avó que fica na frente de casa. Ela faz uma comida caseira maravilhosa e fiquei tentada a fazer um prato e me deliciar, mas sei que é só um desejo do corpo emocional e a falta de sentir algo salgado. Final da tarde resolvi deitar um pouco, tirei um cochilo e depois que levantei fiquei assistindo um pouco de TV. Minha energia a noite é maior e me sinto muito bem. Tomei hoje água, suco e um golinho de refrigerante. Meu peso tem sido o mesmo em três dias já, o que pela ciência convencional seria impossível, afinal, estando há 11 dias sem ingerir nada, estaria no mínimo de cama e meu peso estaria caindo. Mas quando compreendemos que a vida vai muito além da carne e dos ossos, que podemos programar nossa mente para reproduzir a realidade que queremos, percebemos que estamos só começando a descobrir do que somos realmente capazes enquanto seres humanos.

12º Dia:
12/12/2011 - Segunda-feira - Peso: 48,8 - [12]
- “Se você pensa que pode, ou se pensa que não pode, de qualquer maneira você está certo” - (Henry Ford)

Acordei 10h30, dormi bem, sonhei bastante. Pela manhã notei que não tive mais a tontura que tive nos dias anteriores. Início da tarde fui até meu escritório de carro, sentia falta já de sair um pouco. Imprimi alguns papéis e na saída parei para tomar um chá com a recepcionista. Ficamos conversando quando senti que minha atenção estava novamente se desfocando. Ouvia um ruído no ouvido, realmente a glândula pineal estava novamente dando sinais de vida. Esperei a sensação passar e voltei para casa. Me senti muito bem durante o resto do dia, fui ao mercado, comprar algumas coisas que estavam faltando em casa e pacotinhos de sopa para satisfazer o paladar quanto a algo salgado. A noite, tomei um suco e mais tarde resolvi fazer a sopinha. Tomei apenas o caldo que é bem aguado e foi muito gostoso me dar esse presente. Finalmente degustar algo salgado é ótimo.

13º Dia:
13/12/2011 - Terça-feira - Peso: 48,8 - [13]
- “O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano” (Isaac Newton)

Acordei com energia, me sentindo bem e sem nenhuma tontura. Lavei algumas roupas e fui pro computador ver alguns vídeos e acessar meus e-mails. Início da tarde minha mãe me ligou da praia para que eu fosse até lá passar a noite com ela. Pedi então que meu marido me levasse até lá, ainda não quis arriscar dirigir. apesar do tempo chuvoso, pude ao menos sentir o ar fresco do mar. É muito gostoso, a energia parece dobrada. Conversamos bastante durante a noite sobre o viver de luz e agora minha mãe já se conforma mais e está entendendo melhor do que se trata o processo. Foi bacana passar esse tempo com ela e pudemos rir bastante com as novelas e séries na TV. Passei o dia só tomando água e fomos dormir um pouco mais cedo pois teríamos de levantar cedo no outro dia. Demorei um pouco a dormir, o colchão me incomodou um pouco, tenho a coluna muito sensível e aí dependendo da cama eu custo a achar uma posição confortável.
Também não tinha muito sono, ainda me sentia energizada.

14º Dia:
14/12/2011 - Quarta-feira - Peso: 48,8 - [14]
- “Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo” - [Inscrição no Oráculo de Delfos, atribuída aos ‘Sete Sábios’ - 650 a.C. 550 a.C.]

Hoje termina a segunda etapa do processo dos 21 dias. Nem acredito que já estou quase terminando essa jornada incrível da minha vida. Agradeço todos os dias por ter encontrado a força e coragem de enfrentar o desconhecido e avançar mais um pouco rumo a ativação de todo meu potencial. Hoje a diarista veio fazer uma faxina na casa e eu aproveitei para ler e assistir alguns documentários. Tomei água e comprei aquele pacotinhos de suco que se põe no freezer. Nesse clima de verão algo gelado vai muito bem. A noite assistimos um filme e antes de ir dormir fiz uma meditação de integração coletiva. Quanto mais elevar minha freqüência vibratória, mais estarei integrada no fluxo da vida e daquilo que é o melhor para mim e para todos.

15º Dia:
15/12/2011 - Quinta-feira - Peso: 48,8 - [15]
Torna-te quem tu és” (Nietzsche)

Hoje aproveitei e saí de carro, fui até o escritório resolver algumas pendências e levar alguns documentos na contabilidade. Minha energia está ótima, penso com mais clareza, e o clima por aqui está maravilhoso. Os dias são de sol e aqui em casa mesmo sempre tem um ventinho fresco. Não tenho tomado muita água, até porque não sinto sede. Acredito que tomo um litro por dia. Ainda penso em alguns pratos de comida deliciosos que gostaria de experimentar novamente, mas não por fome, pelo prazer mesmo de sentir. A noite assistimos dois filmes, e novamente, antes de dormir fiz minha meditação. Tenho dormido bem todas as noites, com alguns sonhos lúcidos mas sem importância.

16º Dia:
16/12/2011 - Sexta-feira - Peso: 48,8 - [16]
- “Algo só é impossível até que alguém duvide e acabe provando o contrário” - (Albert Einstein)

Mais um dia lindo de sol, vento e vibrações positivas. Arrumei um pouco a casa pela manhã e fui no mercado fazer umas comprinhas. A tarde meu marido foi pra academia e decidi ir junto pra dar uma volta no centro. Enquanto ele estava na academia fui caminhar pela cidade, olhar as vitrines, mas estava muito quente, o sol não deu trégua. Na volta paramos numa confeitaria e me dei de presente um sorvete de chocolate com coca-cola para aliviar o calor. Como é tudo líquido, agora já não tem mais problema, posso sair um pouco da rotina. Meu corpo agradeceu o mimo e fiquei contente por ter essa liberdade agora de satisfazer o paladar sem preocupações e culpa. Chegando em casa fiquei um pouco no computador vendo alguns vídeos e logo senti vontade de ir ao banheiro para expelir o sorvete que tinha tomado. Agora o processo é mais rápido quando da ingestão de algo diferente o corpo já elimina. A noite fui visitar uma amiga que deverá ter seu bebê na próxima semana e já estava com saudade de sair e bater um papo. Como eles sabem do meu processo foi bem tranqüilo, ela fez uma janta mas eu acompanhei só no refrigerante. Como o dia foi bem agitado me senti mais sonolenta ao chegar em casa, assisti um pouco de TV mas logo fui dormir.

17º Dia:
17/12/2011 - Sábado - Peso: 48,8 - [17]
- “Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome” - (Clarice Lispector)

O dia hoje estava bastante quente, apesar de aqui em casa ser bastante arejado, o ar estava seco e parece que o verão chegou a todo vapor. Fiquei só em casa, vendo TV, assistindo vídeos e lendo um pouco. Tomei suco e vários pacotinhos de geladinho para compensar o calor. Resolvi escrever um artigo no meu blog pra divulgar umas notícias que vi em outros sites sobre o sistema financeiro e o processo judicial que dará fim a trajetória de pobreza no mundo. [Clique Aqui] e [Aqui]. O cenário parece ser positivo, pelo menos pela primeira vez, vários países estão se unindo para mudar a situação. A noite fiz uma sopinha de pacote e tomei um pouco do caldo, afinal é uma delícia experimentar algo salgado de vez em quando. Não tinha muito sono, então fui dormir umas duas da manhã.

18º Dia:
18/12/2011 - Domingo - Peso: 49,2 - [18]
- “O meu corpo é um jardim, a minha vontade o seu jardineiro” - (Shakespeare)

Hoje fiquei na cama até mais tarde, estava gostoso ficar curtindo uma preguiça. Levantei e arrumei um pouco a casa e fiquei novamente vendo alguns vídeos. A tarde fui na casa da minha avó, conversar um pouco com a família e curtir o dia lindo que está fazendo. Final da tarde me deitei um pouco, dei uma cochilada e depois fomos na casa da minha sogra onde puder tomar um caldinho de sopa. Me sinto muito bem, minha pele está cada vez melhor, até meu cabelo está mudando. Espero ainda colher muitos benefícios desse processo.

19º Dia:
19/12/2011 - Segunda-feira - Peso: 49,2 - [19]
- “Não é livre quem não obteve domínio sobre si” - (Pitágoras)

Dia de calor e energia. Acordei às 10 da manhã hoje, me sentindo muito bem. Adiantei o serviço da diarista, arrumando um pouco a casa e lavando roupa. Os dias tem sido ótimos, não sinto fome nem sede. A tarde fui até meu escritório e trabalhei um pouco. Pude organizar minhas coisas e resolver algumas pendências. Mais tarde fui na minha tia levar umas camisetas e fiquei um tempão lá conversando com minhas outras tias que estavam lá de visita. Comentei sobre o processo e várias coisas nesse nível mais metafísico, elas tem a mente bem aberta e também tem algumas capacidades mediúnicas. Percebi que isso vem de família, já da parte de meus avós. Meu avô sempre atendia pessoas na casa dele para receberem uma cura, em forma de chás ou benzimento. Ele sempre teve um contato próximo com a natureza e conhece bem as árvores, animais, a terra. Tem muitos insights bacanas e ajudou muitas pessoas. Aí ficou na nossa genética essa facilidade com as coisas espirituais. Não é um caminho cheio de esplendor, até porque vivemos num mundo material e ainda bastante adormecido, mas é recompensador estar tão conectado a própria essência, a ponto de fluir com uma facilidade incrível pela vida. É um caminho para os corajosos que sabem que há muito mais para se descobrir ainda e não se conformam com a atual condição do planeta. Podemos sim criar um planeta muito melhor, e isso vai acontecer, mais cedo ou mais tarde.

20º Dia:
20/12/2011 - Terça-feira - Peso: 49,2 - [20]
- “Tudo o que a mente humana é capaz de conceber, ela pode conquistar” - (Napoleon Hill)

Acordei mais cedo hoje e fui em duas lojas comprar alguns presentes, pela manhã é mais fresco e é gostoso dar uma volta. A tarde visitei uma tia minha no centro, estava muito quente e tomei um sorvete na casa dela para refrescar. Estou já terminando o processo e estou adorando, afinal, nunca mais vou precisar me preocupar com comida. Poderei comer se quiser, mas só pelo prazer mesmo, porque agora, meu corpo é auto sustentável. A noite fui na casa do meu pai, como ele fez janta tive de falar sobre o processo, mas ele até levou numa boa, até porque eu estou muito bem e saudável. Claro que todos acham uma loucura, mas não os culpo por isso. De qualquer forma esse era meu caminho e sabia no meu íntimo que teria de fazê-lo.

21º Dia:
21/12/2011 - Quarta-feira - Peso: 49,2 - [21]
- “Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor” (Goethe)

E chega ao fim o meu processo de ativação da capacidade de viver de luz! Estou extasiada, me sinto muito feliz por ter conseguido depois de tanto tempo planejando e sonhando em passar por esse grande desafio. Valeu a pena e me sinto muito mais livre agora. Poderei comer se quiser, o que quiser e quando quiser sem nenhuma obrigação, apenas por prazer. Pretendo evitar ao máximo, até porque o corpo fica leve, limpo, é maravilhoso. Não vou me negar nada, apenas seguir o fluxo da vida, ouvindo meu corpo e curtindo essa nova fase da minha vida! Estou grata por ter dado tudo certo e pelas pessoas e guias que me auxiliaram. Que venham os próximos desafios! =)

Agradecimento Especial ao Bruno Guerreiro de Moraes, que me informou pela primeira vez que essa possibilidade existia, e durante anos desde que o conheci em 2008, me incentivava a também passar pelo desafio para despertar esse potencial que está oculto no corpo humano, obrigado grande amigo e companheiro! Por todo o incentivo, dedicação, horas e horas de instrução e conversas que tivemos desde que nos conhecemos, onde sempre me tira MIL dúvidas e me esclarece MIL coisas, com uma paciência e carinho inigualável, já te "usei" bastante, e vou continuar te usando por muito tempo! Kkkkkk!!! Agora aguenta esse carma! Sou a sua discípula mais dedicada!   

http://www.youtube.com/user/scheilagrade
https://plus.google.com/+PortalDivina
https://www.youtube.com/user/scheilagrade/videos
https://www.youtube.com/channel/UCFbKx8RGPKugyLObc9ausXw/videos

Scheila Adriane Grade (vulgo Charumati Prem) do Portal Divina: 

Tags: diário dos 21 dias, inédia, jasmuheen, livro viver de luz, prana, scheila adriane grade, scheila grade, charumati prem, portal divina, divina, scheila adriane grade, 

9 comentários:

Bloggandança & Filós com Fia disse...

Boa noite Sheila,

Muito obrrigada pelo seu diario, honro sua dedicacao, mudanca espiritual e reprogramacao com a realidade. Nao ha nada mais divino que a consciencia do livre arbitrio e a alegria de fazer escolhas.

Estou no 5°dia do processo e sinto uma mudanca incrivel em relacao a elevacao do corpo espiritual. Sinto cansaco fisico aliado a uma agilidade perceptiva, mental, uma abertura do corpo e espirito a manifestacao em multiplas dimensoes. Eh bem dificil ficar sem hidratar o corpo, a nao ingestao de agua tem sido o maior desafio, o qual tenho superado por ser focada em propositos de vida muito mais amorosamente valiosos e diante da eternidade do espirito concientizo-me de uma experiencia necessaria a ao salto quantico e resignificacao com propriedade da materia.

Suas palavras sao muito bem vindas e acolhedoras. Obrigada.


Namaste,


Marcela

Anônimo disse...

que maravilhoso poder ver um diario assim, quero começar o processo em breve!
parabens!

Advan David Trindade Oliveira

Davidson Freire disse...

Obrigado por compartilhar sua experiência com todos. Pretendo iniciar o processo de 21 dias em breve, entretanto optei em me tornar vegetariano primeiro, eliminar também o sal, açúcar, sucos, refrigerantes etc aos poucos para assim assumir o controle da minha vontade. Grato, Abraço.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Davidson Freire te sugiro que passe pela iniciação o Salto antes, sabe o que é isso? Leia: Sobre o que é o “Salto”- Acesse: http://osaltociencia.blogspot.com.br/2008/12/iniciao-o-salto-desperte-seu-deus.html

Também te recomendo que não vá "parando aos poucos", pois você não vai com isso se preparar "Melhor" vai isso sim, ficar desnutrido, emagrecer e consequentemente irá desistir da empreitada. Leia o Meu diário dos 21 dias, muito mais rico em detalhes e informações que esse da Scheila.

- Diário dos 21 Dias - Bruno Guerreiro de Moraes - Viver de Luz: http://osaltociencia.blogspot.com.br/2009/12/diario-dos-21-dias-bruno-guerreiro-de.html

José Antônio disse...

Olá Sheila... Olha, em primeiro lugar quero lhe agradecer por você ter partilhado conosco toda sua experiência. É muito animador ver os relatos!
Eu acabei de fazer o meu processo de 21 dias, em 10/01/2016, e me sinto muito feliz por ter feito. Olha, eu gostaria de te perguntar uma coisa... você sentiu fraqueza depois do processo? Por quanto tempo, depois do processo, você ainda se sentiu fraca? Estou lhe perguntando porque eu ainda estou sentindo um pouco de tontura e isso está me incomodando porque voltarei pro trabalho em 4 dias... gostaria muito que você me ajudasse com sua experiência!

Eu não estou sentindo fome alguma e ficar sem comer não está sendo um sacrifício... ainda quero continuar somente nos líquidos.

Se você puder me ajudar, ficarei grato
Grande abraço e fique com Deus

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 01: Alimentação Prânica - Um mês depois dos 21 dias: http://despertandodeuses.blogspot.com.br/2012/01/alimentacao-pranica-um-mes-depois-dos.html Artigo: Muitas pessoas tem me perguntado como tem sido minha vida depois dos 21 dias. Semana passada completei um mês vivendo de uma forma completamente livre, saudável e leve.

Como relatei no meu diário de 21 dias, minha intenção era de não precisar mais depender da alimentação normal e ativar a capacidade de viver de luz. Queria ter a liberdade de escolha, podendo comer ou não, sem me preocupar com nutrição, refeições e compras no mercado.

Portanto, eu atingi meu objetivo. Ativei a capacidade e posso passar o dia sem comer nada, ou o tempo que for, e também posso comer algo se quiser. Porém, mesmo que eu quisesse, comer muito já não é mais uma opção. Não sinto fome, mas tenho algumas vezes vontade de experimentar algum sabor diferente e aí, belisco alguma coisa.

Não vi a necessidade de parar completamente de comer. Se o fizesse seria apenas para elevar o ego. Então minha rotina agora é a de ficar o dia todo sem nada, as vezes como um pedacinho de chocolate, ou tomo um sorvete, mas nem sede tenho muita. E a noite belisco alguma coisa salgada, como azeitonas ou uma sopinha leve.

Refeições mesmo não fiz mais. Acompanhei meu marido outro dia no restaurante e peguei um pouco de salada e maionese, mas muito pouco. Aí, acabo comendo assim esporadicamente em algum evento social ou familiar. Essa é a verdadeira liberdade. Sintonizar-se com as necessidades do corpo físico, emocional e mental, para uma vida muito mais plena e consciente.

Mesmo comendo uma coisa e outra de vez em quando, pela lógica tradicional, deveria me sentir cansada, perder peso e tudo mais. Afinal não faço as refeições diárias com todas as vitaminas e minerais que o corpo necessita. Porém, como a capacidade de viver de luz está ativada, me sinto energizada, minha mente está mais aguçada, tenho mais clareza e meu corpo tem demonstrado que estou mesmo vivendo de luz:

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 02: Alimentação Prânica - Um mês depois dos 21 dias: http://despertandodeuses.blogspot.com.br/2012/01/alimentacao-pranica-um-mes-depois-dos.html Artigo:

minha unhas estão mais fortes, minha pele está mais saudável (ganhava muita alergia nas pernas por causa da depilação), meu peso se manteve estável (entre 49 e 50 kg) e muitas pessoas tem me dito que rejuvenesci, mesmo sem saber do processo.

Então, quem tem interesse em fazer os 21 dias, mas fica com receio de voltar ou não a comer, fica o conselho: escolha sempre a liberdade. É por isso que ativamos essa capacidade. Não se sinta culpado por sentir vontade de comer alguma coisa ou de comer quando em eventos sociais e familiares. Uma vez que o comando foi dado por você ao seu corpo, ele saberá que você agora vive de luz e tudo que ingerir a partir daí, será apenas para saciar o paladar. Uma vez ativada a capacidade, ela fica ativa para sempre.

Depois do processo ficamos muito mais sintonizados com nossas necessidades. Ficamos mais alinhados e é natural que nossas escolhas sejam sempre as melhores. Porém, é essencial estudar tudo a respeito antes de se submeter a esse processo. Não deve existir qualquer dúvida ou medo. Para mim, levou dois anos até chegar nesse estado de certeza e compreensão. Fiz vários cursos, iniciações, limpezas que foram me preparando e construindo a confiança necessária para abraçar esse estado de ser plenamente.

Hoje, mais de um mês depois do processo, estou realizada. Já fui até SP, fiz um curso maravilhoso de cura reconectiva e sinto mais forte a energia que flui pelas minhas mãos. Meu caminho está mais claro e estou abraçando ele completamente. A todos os trabalhadores da luz que estão ajudando a despertar e transformar o planeta, esse ano será maravilhoso e poderemos espalhar a luz por todos os cantos, sempre respeitando as escolhas de cada um.

Somos seres ilimitados, infinitos e capazes. Esse é o começo de nosso retorno a nossa verdadeira identidade, aquela onde somos deuses co-criadores do universo, aquela onde tudo é possível.

Anônimo disse...

Muito legal ter dado um salto, com relação ao que comumente vemos na sociedade. Mas isso que você fez não foi de forma alguma o processo de vinte e um dias descrito no livro da Jasmuheen - com sucos, refrigerantes, chás, águas de côcos, visitas a sogra, supermercado, passeios, faxinas, ida ao escritório, bate-papo com quem quer que seja etc. É bom que isso fique claro aqui no seu blog, pois se outros que estejam pesquisando sobre o tema se depararem com ele saberão que o que você fez foi a seu próprio estilo. Não é o processo de iniciação descrito no livro (portanto fornecido pelos mestres ascencionados). Mesmo assim, acho bastante válido, com certeza lhe fortalece em vários pontos. A experiência é sua, no final das contas, e é você quem escolhe como será feita.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Anônimo o processo dela foi adaptado, se leu o livro da Jasmuheen deve saber que lá jasmuheen diz que o processo foi "canalizado" assim ou assado, mas cada pessoa que vai passar pelo processo decide se vai seguir todas as "regrinhas" ou se consegue fazer de outra forma mas com o mesmo resultado.

A Scheila fez de forma adaptada, e conseguiu acionar a capacidade com muito sucesso. Então qual a razão de dar essa "bronca" ?

Sobre mestres Ascensos, veja a nossa modesta opinião sobre o assunto nessas páginas:

- Fraternidade Branca - Mestres Ascensos - New Age - Gnose, Apenas mais Alienação...: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2010/08/fraternidade-branca-mestres-ascensos.html

- Mestres Iluminados? Ascensos? Fraternidade Branca? Era de Aquário? Mestre Jesus??: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2014/06/mestres-iluminados-ascensos.html

- Jesus Cristo Nunca Existiu? - Segredos da Bíblia - Os Rivais de Jesus - [Mentiras, Fraudes, Ficção, Equívocos]: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2010/02/segredos-da-biblia-os-rivais-de-jesus.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...