.

.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

O que é um "Salto Quântico" Afinal?


A nossa Iniciação foi apelidada de: “O Salto Quântico”Mas por que? O que isso tem a ver com a Mecânica Quântica? Certamente as pessoas me perguntam do por que dei esse nome a iniciação... bem na verdade não foi eu, foi a pessoa que me iniciou que a nomeou assim, eu apenas não mudei isso. Esse é um “Termo da Moda”, mas que serve muito bem para exemplificar o que acontece com uma pessoa que se submete a iniciação. De fato é verificado um “Salto Quântico” na pessoa... literalmente! Mas em primeiro lugar vamos esclarecer isso. O que é afinal um Salto Quântico?


“O chamado Salto Quântico, acontece quando se excita o átomo, ou seja, dá-se energia a ele. Os movimentos dos elétrons se aceleram, ganhando energia, e distanciando-se dos núcleos. Este afastamento dos núcleos acontecem aos saltos, saltando do nível 1 para 2 no primeiro salto, de 2 para 4 no segundo salto etc...”

Vamos aprofundar o caso:

As pessoas que “cunharam” esse termo foi primeiramente o físico Alemão Max Planck (quântico de “quantas”, isto é Quantidade) e depois o Físico Dinamarquês Niels Bohr,(complementou com o principio do “Salto”) foi ele (Bohr) que resolveu um grande Mistério da Física, sobre o entendimento de como funciona o Átomo.

Niels Bohr com seu colega de trabalho Albert Einstein:

Max Planck o “Pai” da Teoria Quântica:

Vejamos:

“...Quando regressou à Dinamarca em 1913, Bohr procurou estender ao modelo atômico proposto por Rutherford os conceitos quânticos de Planck. Bohr acreditava que, utilizando a teoria quântica de Planck, seria possível criar um novo modelo atômico, capaz de explicar a forma como os elétrons absorvem e emitem energia radiante. Esses fenômenos eram particularmente visíveis na análise dos espectros luminosos produzidos pelos diferentes elementos. Ao contrário do produzido pela luz solar, esses espectros apresentam linhas de luz com localizações específicas, separadas por áreas escuras. Nenhuma teoria conseguira até então explicar a causa dessa distribuição.



Em 1913, Bohr, estudando o átomo de hidrogênio, conseguiu formular um novo modelo atômico. Bohr concluiu que o elétron do átomo não emitia radiações enquanto permanecesse na mesma órbita, emitindo-as apenas quando se desloca de um nível de maior energia (órbita mais distante do núcleo, onde a sua - do elétron - energia cinética tende a diminuir enquanto que sua energia potencial tende a aumentar; mas, sua energia total aumenta) para outro de menor energia (órbita menos distante, onde sua energia cinemática tende a aumentar e sua energia potencial tende a diminuir; mas, sua energia total diminui). A teoria Quântica permitiu-lhe formular essa concepção de modo mais preciso: as órbitas não se localizariam a quaisquer distâncias do núcleo, pelo contrário, apenas algumas órbitas seriam possíveis, cada uma delas correspondendo a um nível bem definido de energia do elétron. A transição de uma órbita para a outra seria feita por saltos pois, ao absorver energia, o elétron saltaria para uma órbita mais externa(conceito quantum) e, ao emiti-la, passaria para outra mais interna (conceito fóton). Cada uma dessas emissões aparece no espectro como uma linha luminosa bem localizada...”

Max Planck quando Jovem

Então ai está! Esse termo foi adotado para representar isso!
Isto o que?

“A mudança de vibração de um estado a outro de uma vez só, sem um gradual aumento ou diminuimento dessa vibração que possa ser medido”

É o mesmo que eu me deslocar de um andar a outro de um prédio, só que sem usar de escadas ou elevador, seria mais um teletransporte!

Entendido então? É por isso que a iniciação chama-se o “Salto Quântico”, pois é o Salto de uma situação de duvidas e dificuldades, para outra de esclarecimentos e facilidades.


O termo também foi adotado para associar o nosso trabalho a tudo que há de mais novo e moderno que tem sido descoberto na Ciência de Vanguarda, esse “clima místico” que envolve a Física Teórica e a Mecânica Quântica é por que essas ciências estão chegando perto de confirmar o que os ocultistas já sabem desde os tempos imemoriais.
Essas disciplinas finalmente estão chegando onde os míticos “Magos(as)”, “Bruxos(as)” e paranormais num geral, sempre falavam que existia, mas que era desconhecido das pessoas comuns por causa da falta das capacidades superiores e também de equipamentos...

 Mecânica Quântica - Mistérios do Universo
Além do Cosmos - Mecânica Quântica - Micro Partículas - Mundo Quântico - Física das Partículas - National Geographic:


Mecânica Quântica - Tudo Sobre Incerteza - Discovery - Universos Paralelos:


Fontes:

4 comentários:

Anônimo disse...

ANTONIO CARLOS - LINS, SP BRASIL - "Caminhante não há caminho; o caminho se faz ao andar. Ao andar se faz caminhos e voltando a vista a'tráz vemos marcas no caminho, que não voltamos a pisar". (Antonio Machado-poeta-argentino/trad.livre minha).

Não sei por que não postaram comentários sobre este magnífico trabalho da física quântica e sua relação intrinseca com nossas mentes. Resolvi então traduzir a poesia acima, visto que tanto aquela poesia, como este trabalho, os internautas não deram a ambos a merecida atenção. Grato - Carlos
< antoniocarlos.aleph3@gmail.com >

Yezzi disse...

Preazdos Amigos "Salto Quantico"
Sugirolhes lerem meus dois livros constantes do blog abaixo, onde justamente encontrei seu anuncio.
Tenho certeza absoluta de que vocês vão adorar os conteúdo e os fantásticos assuntos, os quais de certa forma, têm a ver com o seus assuntos. Aqui estarei a disposição. Façam seus comentários.
Gostei dos seus.

abraços,

dyezzi:.

Bruno Coutinho disse...

Ola Bruno,estou muito interresado em participar do seminario,como faço para entrar em contato com voce?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Pelo Email: seteantigos@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...